O que em papel era privado, continua a ser privado

Os dispositivos e serviços digitais chegaram para melhorar as nossas vidas, mas trouxeram consigo um contraponto problemático: a nossa vida privada passou a ser registada e armazenada em dispositivos e servidores que não controlamos. Onde estamos, com quem falamos, o que dizemos, lemos, olhamos ou pensamos, com quem e como nos relacionamos, no presente e no passado… podem ser agora dados de acesso público, se não tomarmos as medidas adequadas para os proteger.

Da BITNÓS formamos pessoas sem conhecimentos avançados de informática para aprenderem a proteger a sua vida digital com as ferramentas mais seguras.

Oferecemos soluções tão simples como robustas para profissionais que tratam dados pessoais especialmente sensíveis (médicos, psicólogos, advogados…), para pessoas sob vigilância (vítimas de acosso,  jornalistas de investigação, activistas, pessoas públicas…) ou pessoas para as que é importante o secreto profissional (criativos, investigadores, directivos, contáveis…).